Leitura: Oranges Are Not the Only Fruit (Jeanette Winterson, 1985)

As Laranjas não são o Único Fruto (Bico de Pena, 2006) é praticamente um clássico moderno da literatura britânica. Este romance de 1985 tornou a sua autora uma celebridade no mundo das letras e na comunidade LGBT. Oranges... narra o coming-of-age de uma rapariga lésbica no seio de uma comunidade evangélica de província, na qual a mãe e ela própria têm um trabalho ativo de divulgação da mensagem religiosa. Ainda menina, Jeanette (nome da protagonista e da autora) teve uma integração escolar tardia e difícil, em virtude dos valores religiosos da sua mãe. Mais tarde, adolescente, a descoberta do amor físico com mulheres trouxe-lhe o desprezo da mãe e dos fieis da sua igreja e ela é obrigada a abandonar o lar. O livro é relativamente original na abordagem do tema da formação do indivíduo, que encontramos em todas as literaturas modernas. Mas a opção, cara aos escritores ambiciosos nos anos 80, de interpolar na narrativa principal breves fábulas com heróis do ciclo arturiano (entre outros), faz o interesse do romance baixar consideravelmente. Nas areias das Caxinas 3/5

Sem comentários:

Enviar um comentário