Opera: Otello (ROH, 2017)

Covent Garden apresenta por estes dias um dos seus espetáculos mais aguardados da temporada: uma nova produção do Otello de Verdi (encenação de Keith Warner) com a superstar Jonas Kauffman, que assume esse papel pela primeira vez. As sessões tem estado esgotadíssimas, mesmo nos cinemas que transmitiram o espetáculo em direto no passado dia 28 de junho; ainda assim consegui um bilhete para uma das récitas. Toda a gente queria ver Kauffman, que brilhou e foi recebido com bravi, mas outros intérpretes estiveram muito bem. Maria Agresta foi uma grande e frágil Desdemona e Marco Vatrogna foi venenoso q.b. ao interpretar Iago, uma das personagens mais odiadas da história da ópera. A orquestra da ROH foi dirigida por Antonio Pappano. Londres 4,5/5

Sem comentários:

Enviar um comentário