Expo: Sérénissime! Venise en fête, de Tiepolo à Guardi

O museu Cognac-Jay é especializado nas artes do século XVIII, século de grande brilho artístico em Veneza, a Sereníssima. Em 1797 Veneza perderia a sua independência secular, face às forças de Napoleão, mas nesse último século de independência seria ainda um dos centros culturais da Europa: Tiepolo, Canaletto, Guardi, Casanova, os castrati, a commedia dell’arte de Goldoni, e mais alguns nomes surgem nesta pequena exposição bem montada e muito informativa sobre a grande cidade italiana. Mas soube a pouco, ainda assim. Paris 3,5/5

Sem comentários:

Enviar um comentário