Alien: Covenant (Ridley Scott, 2017)

Com poucos dias de diferença vi Life e este último Alien, que têm histórias semelhantes. Gostei um pouco mais de Life, que contudo não tem o mesmo prestígio nem os meios de produção de Alien (este custou o dobro daquele). Como muitas vezes acontece, as partes filosóficas e explicativas aborrecem-me; em Alien Covenant isso voltou a acontecer. Gostei mais de Prometheus (2012). Paris 3/5

Sem comentários:

Enviar um comentário