A Quiet Passion (Terence Davies, 2016)

Para mim, a estreia de um novo filme de Terence Davies é sempre um acontecimento. Emily Dickinson - A Quiet Passion, é um biopic da grande poetisa americana, desde a sua juventude até à sua morte. De certo modo, é também a história da sua família, os Dickinson. Emily viveu sempre com os pais e irmãos, viveu e morreu solteirona e virgem. Praticamente não fez viagens. Mas a independência de espírito, a honestidade intelectual e o génio da sua poesia marcaram aqueles que com ela conviveram. Terence Davies filma a vida de Emily com aquele ritmo lento que tanto aprecio nos seus filmes, como se quisesse fixar e parar o tempo. Trata-se do terceiro bom filme sobre poetas que vejo este ano, depois de Patterson e Neruda. Paris 4/5

Sem comentários:

Enviar um comentário