The Sleeping Beauty (Covent Garden, 2017)

Desta vez o título do famoso ballet de Tchaikovsky/Petipa vai em inglês porque a produção que vi hoje pertence ao Royal Ballet, de Londres. Como sempre acontece com os ballets clássicos a sala do Covent Garden tem estado esgotada, por todo o lado o fenómeno repete-se: as pessoas querem ver os clássicos. Quanto à Bela Adormecida, só me ocorre dizer que este famoso conto parece ter sido pensado como argumento de ballet, de tão natural é a sua transposição para o mundo do ballet romântico. Os três primeiros actos correspondem à história que todos conhecemos, mas o último acto faz entrar para um baile apoteótico (que festeja o casamento de Aurora) várias das personagens dos contos maravilhosos, como o Chapeuzinho Vermelho e o Lobo Mau. Londres: Covent Garden 5/5

Sem comentários:

Enviar um comentário