La Più bella serata della mia vita (Ettore Scola, 1972)

Este filme de Ettore Scola adapta um conto de Friedrich Dürrenmatt e conta a história de um empresário italiano (Alberto Sordi) que vai depositar a sua fortuna na Suíça mas acaba nas mãos de um quarteto de reformados que se entretem a simular julgamentos. Sordi será o acusado da vez... Nos anos 70, a comédia italiana perde muito da sua graça, como comprova este filme que vi sem grande interesse. Paris 2,5/5

Sem comentários:

Enviar um comentário