David Hockney (Tate Britain, 2017)

Não me lembro de alguma vez ter comprado um bilhete para só poder entrar na exposicão seis horas mais tarde. Este evento tem atraído multidões que esgotam continuamente a capacidade da exposição. Conhecia mal a obra de Hockney, por isso esta foi uma oportunidade única de ter uma visão geral do que ele tem feito desde o início dos anos 60. Fiquei particularmente maravilhado com a sua obra solar feita na Califórnia nos anos 60. Sunbather, chama-se a sala/capítulo da exposição dedicada a esse período de quadros descomunais de cores soberbas. E o público de hoje reagiu como eu. Para fim de conversa, contas de merceeiro: nunca tinha pago valor semelhante para ver uma exposicão, 20 libras! Londres: Tate Britain 4/5

Sem comentários:

Enviar um comentário