Tiempo de morir (Arturo Ripstein, 1965)

Tiempo de morir é a estreia na realização de Arturo Ripstein. Contou com um argumento e diálogos de Gabriel Garcia Márquez e Carlos Fuentes. Aliás, lembra a Crónica de uma Morte Anunciada. Um homem regressa à sua aldeia depois de ter estado na prisão durante 18 anos, mas tem as horas contadas: dois irmãos ameçam vingar-se da morte do pai, matando-o. Um western original no contexto do cinema mexicano da época. Paris Le Champo 3/5

Sem comentários:

Enviar um comentário