Opera: Il Trovatore (Royal Opera House, 2016 & 2017)

Esta é uma das óperas de Verdi que mais clássicos nos legou. Com árias e coros que toda a gente conhece. O efeito na plateia é garantido. Mas eu não gosto muito da história desta ópera, nem das suas personagens. Dois homens, que são irmãos mas ignoram tal facto, apaixonam-se pela mesma mulher. Um desses homens foi criado por uma cigana, que o tinha raptado. A produção da ROH é impecável, com encenação de David Bösch. Londres (Covent Garden, 2016) & Paris (cinema Publicis, 2017) 4/5

Sem comentários:

Enviar um comentário