Mísia (1991)

Este é o primeiro disco de Mísia. Tem a produção e a guitarra do grande António Chaínho e direção artística de Mário Martins (que é também co-autor de dois temas). Trata-se de um excelente álbum de fado, uma estreia em grande para Mísia. Ela canta muito bem os fados mais tradicionais, mas são dois clássicos da música brasileira e portuguesa que mais me agradam. Samba em prelúdio (Vinicius de Moraes e Baden Powell, 1963) e Porto Sentido (Carlos Tê e Rui Veloso, 1986) têm neste disco versões excelentes, entre as melhores que conheço. Um belo disco. Paris 4/5

Sem comentários:

Enviar um comentário