Jim Jarmusch: Paterson (2016)

Um condutor de autocarros da localidade de Paterson (New Jersey) escreve poesia num caderno que nunca larga. E é da rotina diária (no trabalho, em casa, no bar) que vão nascendo os seus poemas. Jarmush, com o seu gosto pela repetição, mostra-nos essa rotina de forma elegante mas ao mesmo tempo aborrecida. Esperava mais deste filme. Paris 3/5

Sem comentários:

Enviar um comentário