Harmonium (Koji Fukada, 2016)

Um jovem casal com uma filha recebe em casa um amigo do marido. Esse amigo, que acaba de sair da prisão, vai originar uma tragédia familiar que tão cedo não terá fim. Fukada é um dos bons realizadores japoneses de hoje; curiosamente este filme lembra os dramas coreanos pontuados de revelações a todo o momento. Paris 3/5

Sem comentários:

Enviar um comentário