Descobrir os Clássicos em 2016

Vejo mais clássicos do que filmes contemporâneos. Por isso, nada mais justo do que fazer uma lista das pepitas cinematográficas do passado que vi pela primeira vez em 2016. Eis os 10 melhores:
Edward Munch (Peter Watkins, 1973)
Ran (Akira Kurosawa,1985)
Insiang (Lino Brocka, 1976)
Manila (Lino Brocka, 1975)
Gli anni ruggenti (Luigi Zampa1962)
Showgirls Paul (Verhoeven, 1995)
Gertrud (Carl Theodor Dreyer, 1964)
The Heiress (William Wyler, 1949)
Memórias do Subdesenvolvimento 
(Tomás Gutiérrez Alea, 1968)
Peça Inacabada para piano mecânico 
(Nikita Mikhalkov, 1977)

Sem comentários:

Enviar um comentário