Teatro: Pai (Strindberg, 1887)

Na Comédie-Française, encenado por Arnaud Desplechin, foi proposto em 2015 e este ano o grande clássico Pai, de August Strindberg. Um homem atravessa uma crise conjugal e começa a duvidar da paternidade da sua filha... Esta ideia fixa leva-o à loucura. Excelente interpretação de Michel Vuillermoz no papel principal. Paris 4/5

Sem comentários:

Enviar um comentário