Ma' Rosa (Brillante Mendoza, 2016)

Uma mãe-coragem que sustenta os filhos e o marido drogado é apanhada e levada para a esquadra, de onde sairá apenas quando pagar o que os polícias corruptos lhe exigem. São os filhos que terão de conseguir esse dinheiro. Ma' Rosa é uma merceeira trabalhadora mas pouco recomendável, que se dedica à venda de droga no seu bairro. Mas o filme acaba por fazer-lhe um retrato humano e justo, como figura que defende a família da miséria absoluta que é o destino de quase todos. Basta ver os magníficos filmes de Lino Brocka (anos 70) e hoje os de Mendoza para constatar que continua intacta a miséria social e moral de Manila. Paris 3/5

Sem comentários:

Enviar um comentário