Peter Bogdanovich: The Last Picture Show (1971)

The Last Picture Show é talvez o melhor filme da produtora BBS, que tanto marcou a Nova Hollywood na virada dos anos 60/70. O filme de Bogdanovich tem argumento do realizador e de Larry McMurtry, que adapta um romance deste último. O filme propõe um retrato geracional, de grupo (Timothy Bottoms, Jeff Bridges, Cybill Shepherd, Ben Johnson) na passagem da adolescência à vida adulta. Esse retrato é marcado por forte melancolia, assim como pela nostalgia que nasce da natural mas dololorosa evolução da vida. Um grupo de jovens rapidamente vê os seus sonhos serem desfeitos pela simples passagem do tempo. Nos mais velhos da pequena localidade onde cresceram eles têm um espelho do que os espera no futuro: a desilusão amorosa, a traição como forma de espantar o tédio, e a morte. O vento nas ruas desertas e o encerramento do único cinema local exprimem a inevitável passagem do tempo e o fim dos sonhos. Descobri este filme maravilhoso quando vi, nos anos 90, Texasville, o filme que Bogdanovich realizou 20 anos depois de The Last Picture Show, com os mesmos atores. Um grande filme dos seventies. Paris 4/5

Sem comentários:

Enviar um comentário