Jean Anouilh: Le Voyageur sans bagage (1944)

Le Voyageur sans bagage é uma peça famosa de Jean Anouilh, criada em 1937 pelo encenador Georges Pitoeff no Théâtre des Mathurins. Anouilh decidiu em boa hora fazer uma versão cinematográfica da peça em 1944 e saiu-se bem. Eu conhecia a peça, um clássico da dramaturgia francesa, e foi essa a razão que me levou a ver um filme de que nunca ouvira falar. Um ex-soldado amnésico, depois de algum tempo recolhido num asilo, toma conhecimento de uma família que vê nele um parente desaparecido na guerra. Mas o soldado descobre que no passado foi uma pessoa malquista por todos e resolve renegar o passado que lhe atribuem e que ele não reconhece e opta por ser adotado por um órfão. Como se vê, com uma história destas não se recusa nem ir ao teatro nem ao cinema. Paris 3/5

Sem comentários:

Enviar um comentário