Dino Risi: Sono fotogenico (1980)

Um trintão não empregado sonha em fazer carreira no mundo do cinema (depois de ter sido tentado pelo halterofilismo, terrorismo, etc.) mas nada faz para conseguir concretizar tal sonho, para desespero dos seus pais. Até que resolve descer a Roma e entrar no mundo do cinema, mas a sua ingenuidade cria-lhe os maiores dissabores. Uma boa comédia, mas sem a acutilância das grandes comédias do passado de Dino Risi. Paris 3/5

Sem comentários:

Enviar um comentário