Bob Rafelson: The King of Marvin Gardens (1971)

The King of Marvin Gardens é um filme bem representativo das produções BBS. Tem em comum com Five Easy Pieces, outro marcante filme da produtora, a história centrada na relação problemática entre dois irmãos e na falência da instituição familiar. O protagonista de ambos os filmes é Jack Nicholson, cuja personagem vive afastado da família (ou do que dela resta) mas é levado a reatar contacto com o irmão. Os dias que passam juntos revelam o profundo desentendimento entre os dois. Um escreve narrativas radiofônicas e vive uma existência apagada, o outro dedica-se a negócios obscuros e ilegais e lança-se em projetos megalómanos destinados ao fracasso. Como nos outros filmes da BBS que vi, a sociedade americana neles representada é composta pelos exlcuídos do american dream, pelos inadaptados sociais. Em The King... os dois irmãos representam duas formas completamente distintas de exclusão social. Uma pelo apagamento de si, pela reclusão e pela ficção de cariz autobiográfico (o radialista Jack Nicholson), outra pelo protagonismo voluntarista em negócios e projetos quiméricos (o empreendedor Bruce Dern). Muito bom. Paris 3/5

Sem comentários:

Enviar um comentário