Jean Delannoy: L'Éternel retour (1943)

L'Éternel retour é uma versão moderna do mito de Tristão e Isolda, do amor eterno entre dois jovens, amor contrariado pelo casamento de Natalie (Madeleine Sologne) com o tio do seu amado Patrice (Jean Marais). Mas o estilo de representação dos atores, apesar da presença impressionante de Jean Marais, não ajuda à criação daquele ambiente poético como algum cinema da época conseguiu. O que resultou é pomposo e com deficiente naturalidade. Paris 2/5

Sem comentários:

Enviar um comentário