Federico Fellini: La Strada (1954)

Um filme comovente e triste sobre dois seres solitários, uma mulher ingénua e generosa (Giuletta Masina) e um entertainer popular autoritário e machista (Anthony Quinn), que não se suportam mas acabam por amar-se a seu modo. Curiosamente trata-se da mesma história de Macdam Cowboy, que vi recentemente e de que, aliás, gostei bem mais. Um marco no cinema italiano, com uma Giulietta Masina inesquecível. Paris 3/5

Sem comentários:

Enviar um comentário