Disco: Hit Maker! Burt Bacharach Plays His Hits (1965)

Há melhor dupla na música pop do que Burt Bacharach & Hal David? Duvido... Nem mesmo Lennon & McCartney ou Morrissey & Marr escreveram tantos clássicos em tanto tempo. Eu pensava, ao adquirir este disco, comprar mais uma compilação dos êxitos de Bacharach, certamente deliciosa como as quatro que já tinha em casa. No entanto, depois de alguma pesquisa, descobri que Hit Maker! é o primeiro álbum de Burt Bacharach, gravado em 1965, portanto no auge do seu sucesso. Depois dessa data ele escreveu muitos outros êxitos com os quais viria a ganhar seis Grammy e três Oscar! Olhando para a lista dos hits dos primeiros anos é fácil concluir que só com estes temas já teria um lugar importante na história da música pop. Mas isto era apenas o início.
1.Walk On By (Burt Bacharach e Hal David, 1964) 
2.And So Goodbye My Love (Burt Bacharach e Hal David, 1963) 
3.Saturday Sunshine (Burt Bacharach e Hal David, 1963) 
4.Sail Along Silv'ry Moon Bing (Percy Wenrich e Harry Tobias, 1937) 
5.Don't Make Me Over (Burt Bacharach e Hal David, 1960) 
6.Don't Go Breaking My Heart (Burt Bacharach e Hal David, 1965) 
7.Blue on Blue (Burt Bacharach e Hal David, 1963) 
8.The Last One to Be Loved (Burt Bacharach e Hal David, 1964) 
9.(There's) Always Something There to Remind Me (Burt Bacharach e Hal David, 1964) 
10.Twenty Four Hours from Tulsa (Burt Bacharach e Hal David, 1963) 
11.Trains and Boats and Planes (Burt Bacharach e Hal David, 1965) 
12.Wives and Lovers (Burt Bacharach e Hal David, 1963) 
13.A House Is Not a Home (Burt Bacharach e Hal David, 1964) 
14.Anyone Who Had a Heart (Burt Bacharach e Hal David, 1963) 
15.My Little Red Book (Burt Bacharach e Hal David, 1965) 
16.What's New Pussycat? (Burt Bacharach e Hal David, 1965)
Costumo ouvir Burt Bacharach através dos intérpretes que popularizaram as suas canções (Dionne Warwick, Dusty Springfield, Carpenters, entre outros) mas tenho ouvido menos as versões orquestrais feitas pelo próprio compositor. Hit Maker! é feito dessas versões, na maior parte exclusivamente instrumentais, por vezes com coros. Esta música está entre o jazz e o pop, e corresponde ao que aqui há alguns anos se denominava lounge music. Seja como for, trata-se de um excelente disco. 4/5

Sem comentários:

Enviar um comentário