Arias (Angela Gheorghiu, 1996)

Angela Gheorghiu nasceu para o estrelato internacional com uma Traviata no Covent Garden (Londres), dirgida por Georg Solti, em novembro de 1994. Esta história é bem conhecida e, pelo que leio no livrete deste CD, essa Traviata foi gravada e filmada pela Decca na sequência de tal inesperado sucesso. Em seguida, a Decca ofereceu um contrato a Angela para uma carreira discográfica que só acontece aos cantores excecionais. Este recital, sobriamente intitulado Arias, foi gravado em 1995 e lançado no ano seguinte. Foi o primeiro recital gravado por Angela. O essencial está aqui: uma das vozes mais belas do universo lírico e uma interpretação variada e sem mácula. 5/5

Sem comentários:

Enviar um comentário